Home Polícia Professor suspeito de esfaquear diretora de escola em MT diz à polícia...

Professor suspeito de esfaquear diretora de escola em MT diz à polícia que não se lembra dos fatos

0

O suspeito disse que faz uso de medicamento controlado e, na manhã desta sexta-feira), não se recorda se havia tomado os remédios ou se ingeriu em duplicidade.

O professor Cleiton Gomes Da Silva, de 45 anos, suspeito de esfaquear a diretora Rosileide Vaz da Silva nesta sexta-feira (29), em Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá, afirmou à Polícia Civil que não se lembra dos fatos.

Ele foi ouvido pela delegada Ludmila Vendramel no plantão da Delegacia de Polícia de Rondonópolis e autuado em flagrante por tentativa de homicídio.

Durante interrogatório, o suspeito alegou que não se lembra dos fatos, pois faz uso de medicamento controlado e, na manhã desta sexta-feira), não se recorda se havia tomado os remédios ou se ingeriu em duplicidade.

O inquérito será instaurado pela Delegacia de Homicídios de Rondonópolis que conduzirá as investigações. Diligências serão realizadas para coletar provas e ouvir testemunhas da ocorrência.

Ele foi encaminhado para audiência de custódia da Justiça.

O caso

O caso foi registrado na Escola Municipal Daniel Paulista Campos, localizada no bairro Residencial Margaridas.

De acordo com a PM, ele entrou na sala da diretora, colocou uma mesa na porta para impedir a saída da vítima e tirou uma faca da bolsa.

Em seguida, Cleiton esfaqueou a vítima, mas foi contido por uma outra funcionária. A testemunha conseguiu tirar a mesa da porta e gritou por socorro.

Rosileide foi levada às pressas ao posto de saúde do bairro e transferida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ao Pronto Atendimento. Ela teve diversos ferimentos pelo corpo.

G1

NENHUM COMENTÁRIO

Deixe sua resposta