Home Saúde Probióticos podem fazer mal a pessoas com doenças intestinais

Probióticos podem fazer mal a pessoas com doenças intestinais

0

Os probióticos podem ser prejudiciais como qualquer outra bactéria que escape para o corpo humano através de uma barreira intestinal danificada

Quando se fala na saúde intestinal, os probióticos estão entre os alimentos mais falados ultimamente. No entanto, um novo estudo mostra que existem situações em que é melhor evitá-los.

Engenheiros da Universidade do Texas (Estados Unidos) estavam estudando sobre as inflamações no sistema digestivo e perceberam que as chamadas boas bactérias podem ser saudáveis para algumas pessoas, mas têm um impacto negativo na saúde de outras. As conclusões foram publicadas no periódico Proceedings of the National Academy of Sciences.

“Uma vez que a barreira intestinal tenha sido danificada, os probióticos podem ser prejudiciais como qualquer outra bactéria que escape para o corpo humano através de uma barreira intestinal danificada”, afirmou Woojung Shin, um dos pesquisadores.

Segundo cientistas, a disfunção da membrana epitelial –às vezes referida como intestino permeável — parece desempenhar um papel em amplas de condições de saúde, incluindo doença inflamatória intestinal, síndrome do intestino irritável, obesidade, alergias alimentares e doença celíaca.

Embora mais trabalho seja necessário para firmar essas conclusões, elas questionam a atual abordagem da eficiência única dos probióticos. Por causa de sua recente popularidade, é vital entender como eles podem impactar indivíduos com intestino comprometido.

Como o estudo foi feito

Para investigar as inflamações intestinais, os especialistas testaram  uma tecnologia de última geração imitando órgãos em chips. Esse tipo de experimento permite aos cientistas anexar células humanas a microchips e, dependendo o tipo de célula que escolheram, observá-las imitando qualquer órgão do corpo humano.

Os cientistas estavam interessados em entender por que inflamações surgem no intestino e perceberam que a saúde do epitélio intestinal (camada de tecido que protege a parte interna do intestino) é um dos fatores principais.

 

 

 

 

Fonte: ReporteMT

NENHUM COMENTÁRIO

Deixe sua resposta