Home Saúde Preliminares: 8 coisas que você provavelmente nunca tentou e que são ótimas

Preliminares: 8 coisas que você provavelmente nunca tentou e que são ótimas

0

Sair do roteirinho básico, no entanto, pode render boas surpresas.

Você pensa que sabe tudo sobre preliminares no sexo? Boa parte das pessoas, porém, costuma apostar sempre naquilo que já foi testado, funciona e continua sendo uma fonte de prazer. Sair do roteirinho básico, no entanto, pode render boas surpresas. Que tal se inspirar nas ideias a seguir?

Fora da casinha

Começar a sessão de preliminares bem longe do quarto pode ser um bom combustível sexual. Para ficar bem ligada, você pode usar um bullet (vibrador pequeno) acoplado à calcinha e deixar o controle remoto nas mãos do par. Ou, simplesmente , sair para jantar ou dançar sem roupa de baixo e roçar “sem querer” na pessoa sempre que possível, friccionando bem o clitóris.

Olhos nos olhos

Conforme o prazer vai aumentando, é comum fechar os olhos para curtir as sensações. Porém, experimente manter os olhos bem abertos. E, na sequência, olhar nos olhos do par. Melhor ainda: olhem nos olhos um do outro enquanto se dedicam à uma deliciosa sessão de masturbação mútua. A troca de olhares é um dos mandamentos básicos do sexo tântrico e serve tanto para fortalecer o vínculo como para compartilhar as percepções da transa num nível mais profundo.

Toca aqui

Sabe o que ajuda muito a entrar no clima antes mesmo de o clima começar? Masturbar-se. Quando você se masturba –do seu jeito, no seu ritmo, onde você gosta– e depois vai transar, todo o seu corpo já estará elétrico e mais suscetível  às carícias do par. O clitóris, em especial, vai estar mais irrigado, por causa da maior estimulação na circulação sanguínea, e muito mais sensível.

Esconderijo quente

O clitóris e os grandes e pequenos ábios são os pontos-chave para a estimulação oral feminina. No entanto, experimente pedir ao par que dedique atenção especial ao “finalzinho” da anatomia, ou seja, àquela parte em que a vagina termina e se inicia o períneo. O contato da língua nessa região pode esquentar –e muito!– as preliminares.

69 “escorregadio”

Quando estiver em pleno 69 –e em cima, preferencialmente– em vez de simplesmente encaixar a vagina nos lábios da outra pessoa e curtir, tente se mexer, se esfregar no rosto do par e permitir que outras sensações, além das promovidas pelo oral de praxe, tomem conta de você.

Regiões sensíveis

A parte interior das coxas, a virilha, a região traseira dos joelhos, os tornozelos e os pulsos são zonas altamente erógenas, Elas estão praticamente implorando para receberem o tratamento que merecem. Para colocar esse plano em prática, vale tudo: géis de massagem (que esquentam ou esfriam), velas eróticas que derretem em contato com a pele, penas, plumas, bullets ou até o toque básico e macio das pontas dos dedos, bem de leve.

Bocas loucas

Antes de partirem para as brincadeiras, que tal os dois chuparem alguma bala ou pastilha de efeito eletrizante? A versão de menta vendida em docerias é uma boa pedida, mas para efeitos mais animados o ideal é comprar aquelas à disposição em sex shops. Assim, tudo o que vocês fizerem com a boca –morder, beijar, assoprar, lamber, chupar– vai ter um resultado mais “arrepiante” nas áreas envolvidas.

Área bem receptiva

Você sabia que a região entre o queixo e a garganta é uma das partes mais sensíveis do corpo? Isso porque os nervos ficam mais perto da superfície da pele. Dessa forma, lamber, assoprar e beijar de leve essa área pode render emoções diferenciadas.

 

 

 

 

 

Fonte: ReporteMT

NENHUM COMENTÁRIO

Deixe sua resposta