Home Saúde Por que estamos mais intolerantes ao glúten?

Por que estamos mais intolerantes ao glúten?

0

Os produtos “gluten free” ou “livres de glúten” são, nos dias de hoje, facilmente encontrados nas prateleiras dos supermercados e nos cardápios de muitos restaurantes.

Por quais razões muitas pessoas não estão mais podendo consumir um pãozinho quentinho e crocante ou uma macarronada aos domingos ou tantos outros alimentos derivados do trigo, centeio e cevada?

Entram na lista dos proibidos, além do pãozinho e do macarrão, algumas pizzas e determinados produtos processados como sopas, molhos, hambúrgueres, bolos, biscoitos ou doces.

Por quais razões muitas pessoas referem que basta ingerir uma destas delícias para começar com sintomas desconfortáveis como diarreia, enjoo, vômitos, barriga estufada com gases, mal-estar e até dor de cabeça?

Pois é: a intolerância ao glúten pode dar estes sintomas pouco agradáveis e por isso as pessoas intolerantes optam por evitar estes alimentos que, embora possam dar um prazer momentâneo muito bom, rapidinho se tornam inimigos indesejáveis. O arrependimento é fatal. Para os intolerantes, o melhor mesmo é evitar.

Mas…afinal de contas, o que é o glúten? E por que nossos avós não eram intolerantes como nós? Será que estamos exagerando ou será que eles não sabiam que o glúten é que causava muito mal-estar nas suas vidas?

O glúten é uma proteína grande e complexa. Sempre esteve presente na nossa alimentação. Algumas poucas pessoas têm uma forma grave de reação ao glúten que causa atrofia na mucosa intestinal, emagrecimento, diarreia crônica e má absorção. É chamada de Doença Celíaca. Esta forma é mais rara e, por conta da lesão intestinal, dá má absorção de vários outros nutrientes.

A intolerância ao glúten dos dias atuais é diferente e ocorre, muito possivelmente, porque a quantidade desta proteína na nossa alimentação cotidiana aumentou demais. O próprio trigo, utilizado nos alimentos que consumimos, passou por algumas modificações, feitas pelos agricultores, para satisfazer as necessidades, cada vez maiores, de comércio. Muitos alimentos processados passaram a possuir glúten. O “excesso” de contato dos adultos e crianças com este “novo” trigo e com o glúten faz com que muitas pessoas não o consigam digerir e explica, portanto, por que muitas pessoas passaram a apresentar desconforto abdominal após a ingestão de produtos que o contém.

Glúten engorda?

NÃO! O glúten não engorda. Então por que muitos emagrecem com a sua suspensão da dieta? Simplesmente porque junto com o glúten suspende-se também as pizzas, o macarrão, a cerveja, o hambúrguer, os pães, os biscoitos e os doces! Simples assim.

A intolerância ao glúten, portanto, está, sim, aumentando nos dias de hoje, pois estamos muito mais expostos a esta proteína na nossa alimentação diária. Não devemos confundir intolerância com alergia que, esta sim, é mais intensa e pode ser grave. Por outro lado, também não devemos incorrer no exagero de nos considerarmos intolerantes quando, na verdade, estamos apenas exagerando na alimentação. O equilíbrio nos deixa, sempre, mais tolerantes. Inclusive ao glúten.

Bem Estar

NENHUM COMENTÁRIO

Deixe sua resposta