Home Destaque Ojeda e mais dois são presos em Diamantino acusados de tráfico de...

Ojeda e mais dois são presos em Diamantino acusados de tráfico de drogas

0


A guarnição da Polícia Militar de Diamantino, sob o comando da Cabo Andrea, após receber denúncias de que na rua 4 do bairro Bom Jesus havia uma casa onde ocorria movimentações suspeitas, possivelmente uma boca de fumo. Durante o patrulhamento abordaram três suspeitos, onde dois entraram para a casa, sendo que o rapaz conhecido por Ojeda ficou ao portão, Ojeda estava portando alguns tabletes de maconha. Ao entrar na casa a polícia encontrou, 34 porções de maconha já embaladas em papel filme, porção de substância análoga a pasta base de cocaína e duas barras lacradas de cerca de um quilo cada de maconha, além de duas balanças de precisão, dinheiro e outros objetos.
As características de boca de fumo foram constatadas pela Polícia Militar. Ojeda e Rogérinho apesar de serem jovens, são velhos conhecidos da polícia, ambos possuem várias passagens por roubo, furto, porte de arma de fogo e até tentativa de homicídio. Recentemente, cerca de 40 dias atrás, Ojeda foi preso por estar circulando nas ruas de Diamantino portanto uma arma de fogo sem a devida regularização e com ele nesta última abordagem foram encontradas algumas munições.
Rogérinho que tem passagem por tentativa de homicídio, na abordagem mentiu o nome, falando que se chamava Felipe, mas ao averiguar constatou-se o verdadeiro nome dele. Rogérinho também tem passagem por tráfico de drogas na cidade de Nova Mutum.
Para Cabo Andreia, a segurança pública é um dever do Estado e um compromisso de todos, pois a população exerce um papel fundamental no combate ao crime.
“Ligue 190 e faça sua denúncia, ajude o trabalho da polícia militar. Nós queremos agradecer a participação da população local que liga denunciando, pedimos para que todos os moradores de todos os bairros cumpram de fato o seu papel como cidadão e colabore com a polícia militar para que a gente possa fazer uma segurança pública mais efetiva” disse a Cabo.
Após a confecção do Boletim de Ocorrência, os três envolvidos foram encaminhados a autoridade policial para que a Polícia Judiciária Civil tome as devidas providências.

Ideal MT

NENHUM COMENTÁRIO

Deixe sua resposta