Home Destaque Observatório regista tremor de terra de 2,2 graus em Mato Grosso

Observatório regista tremor de terra de 2,2 graus em Mato Grosso

0

O tremor de terra de 2,2 graus na escala Richter (que serve como parâmetro para dimensionar abalos sísmicos) ocorreu em Nova Lacerda (540 quilômetros ao sudoeste de Cuiabá). De acordo com os dados do Observatório Sismológicos (Obsis) da Universidade Nacional de Brasília (UNB), quatro estações detectaram o terremoto do tipo natural, que ocorreu na última quinta-feira e não teve profundidade significativa para danificar casas, por exemplo. Esse é o segundo tremor de terra do ano registrado no Estado. O primeiro foi em Porto dos Gaúchos (362 quilômetros de Sinop) e atingiu 2,33 graus. O evento sismológicos ocorreu no dia 19 de janeiro, nas proximidades da MT-220 (rodovia que dá acesso Sinop-Juara). O abalo foi detectado por três estações sem profundidade significativa. Conforme Só Notícias já informou, a região é nacionalmente conhecida pelos pesquisadores por ter registrado o maior tremor do Brasil, em 1950, quando um abalo de magnitude de 6.9 graus ocorreu na Serra do Tombador, a cerca de 100 quilômetros da cidade. Apesar de ter sido considerado de forte impacto, o tremor não trouxe danos à população.

O tremor de terra de 2,2 graus na escala Richter (que serve como parâmetro para dimensionar abalos sísmicos) ocorreu em Nova Lacerda (540 quilômetros ao sudoeste de Cuiabá). De acordo com os dados do Observatório Sismológicos (Obsis) da Universidade Nacional de Brasília (UNB), quatro estações detectaram o terremoto do tipo natural, que ocorreu na última quinta-feira e não teve profundidade significativa para danificar casas, por exemplo.

Esse é o segundo tremor de terra do ano registrado no Estado. O primeiro foi em Porto dos Gaúchos (362 quilômetros de Sinop) e atingiu 2,33 graus. O evento sismológicos ocorreu no dia 19 de janeiro, nas proximidades da MT-220 (rodovia que dá acesso Sinop-Juara). O abalo foi detectado por três estações sem profundidade significativa.

Conforme Só Notícias já informou, a região é nacionalmente conhecida pelos pesquisadores por ter registrado o maior tremor do Brasil, em 1950, quando um abalo de magnitude de 6.9 graus ocorreu na Serra do Tombador, a cerca de 100 quilômetros da cidade. Apesar de ter sido considerado de forte impacto, o tremor não trouxe danos à população.

Só Notícias

NENHUM COMENTÁRIO

Deixe sua resposta