Home Cidades Nova Mutum, Sorriso e Campo Verde recebem o espetáculo paulista ‘FORASTEIROS’

Nova Mutum, Sorriso e Campo Verde recebem o espetáculo paulista ‘FORASTEIROS’

0

pppp
Serão ao todo 15 mil quilômetros rodados, no período entre maio e novembro de 2014. ‘Forasteiros’, espetáculo com direção de Rhena de Faria, é um western-brasileiro inédito para toda a família, que será apresentado ao ar livre em 23 cidades do país, no projeto “Viagem ao Improviso”.

Depois de passar por Uberaba (MG) e Campo Novo dos Parecis ( MT), será a vez de Nova Mutum, Sorriso e Campo Verde receberem o espetáculo‘Forasteiros’, do grupo de teatro paulista Impronozes. A apresentação, gratuita, acontecerá em Nova Mutum no dia 31 de maio, sábado, às 16h, no Ginásio de Esportes Lauro Immich. Em seguida, o espetáculo será apresentado nas cidades mato grossenses Sorriso (01/06) e Campo Verde (07/06).

O elenco é formado por atores do grupo paulistano “Impronozes” que tem como característica principal de formação o improviso teatral. A participação da plateia, através da sugestão de temas, é fundamental para a criação imediata das cenas, sempre com muito bom humor. Nas cidades por onde passar o espetáculo será também acompanhado de um jogo de improvisação com o tema sustentabilidade.

O projeto tem patrocínio do Ministério da Cultura e da Massey Fergusson.

O que acontece a uma cidade quando chega um forasteiro? O que terá esta cidade a oferecer a ele? Que benefícios esta cidade recebe? Que troca se faz de um encontro inesperado?

Todo forasteiro chega a uma cidade em busca de algo. E todo forasteiro parte deixando algo para trás. É deste tipo de encontro que trata este espetáculo.

O espetáculo conta a história de um pequeno bando que chega, em um ônibus, a uma cidade desconhecida. Não se sabe de onde este bando vem, tampouco para onde vai. Cada integrante traz consigo poucas lembranças, todas relacionadas à sua cidade natal.

Gerald, o motorista do ônibus, veio de uma cidade onde todos caminham de costas. Seu maior prazer ao dirigir numa estrada é olhar pelo espelho retrovisor e ver o mundo ficando para trás. E isto é tudo o que Gerald sabe sobre si mesmo.

Lenny, o mais jovem, veio de um lugar onde se vendem coisas usadas. Toda a economia de sua cidade gira em torno das coisas que os habitantes jogam fora. Ele, porém, se apega a uma máquina fotográfica digital encontrada em um lixo e não consegue vendê-la. Ali, naquela máquina, estão contidas as memórias felizes de alguém e ele se sente responsável por guardá-las.

Martelina, assim como os seus amigos, não é capaz de se lembrar de grandes detalhes de sua vida, sua infância ou mesmo sua cidade. Tudo o que se sabe é que ela vem de uma cidade onde as pessoas fabricam o seu próprio sabão, e onde se usa a água da chuva para tudo.

E finalmente, Campbell: o mais introspectivo, que guarda consigo um grande mistério. Campbell é um homem totalmente sem memórias. Cabe aos forasteiros a missão de dar memórias a Campbell. Memórias que seus companheiros arrecadarão com a ajuda do público.

Cenário MT

NENHUM COMENTÁRIO

Deixe sua resposta