Home Cidades Menor de 15 anos acusado de assalto ao Mercado Real de Diamantino...

Menor de 15 anos acusado de assalto ao Mercado Real de Diamantino é apreendido pela PM

0

L. L. tem passagem por tráfico de drogas, direção perigosa e assalto a mão armada

A PM foi solicitada via 190 pela funcionária do mercado Real relatando que seu estabelecimento fora assaltado.

A Guarnição da PM deslocou-se até o referido local, onde a vítima relatou que o suspeito entrou no estabelecimento tomou um refrigerante e se dirigiu ao caixa momento que tirou do bolso uma arma de fogo ( revólver pequeno) apontando para a vítima (caixa) anunciando o roubo e subtraindo uma importância de R$ 280, 00 (duzentos e oitenta reais) e em seguida foragindo-se do local em uma bicicleta tomando rumo ignorado.

Foram efetuadas rondas pelas proximidades, mas não foi possível localizar o infrator. Foi confeccionado o B.O PM e registrado na delegacia policial local para serem tomadas as devidas providências.

Em seguida:

Ao assumir o serviço diário, a guarnição da PM de plantão foi avisada sobre um roubo ocorrido no mercado Real, no sábado, 27, onde as guarnições procedentes se empenharam para identificar e prender o autor do crime.

Sendo que durante o desdobramento do serviço chegou ao conhecimento da polícia que o autor do roubo era V. de Tal, conhecido como “Neguera” morador do Bairro Jardim Alvorada e que uma pessoa identificada por Rafael, 25 anos, teria emprestado a referida arma ao “Neguera”.

Diante das informações recebidas, os policiais intensificaram as abordagens e o patrulhamento ostensivo.

Nas proximidades do Banco Sicredi, avistaram dois rapazes transitando pela Avenida das Palmeiras e ao fazer abordagem e busca pessoal foi localizado na cintura do conduzido L. L., 15 anos, uma arma de fogo tipo garrucha, semelhante a que foi usada no assalto ao Supermercado Real.

O conduzido Rafael Jesus ficou bastante nervoso e tentou empreender fuga, sendo contido por seus familiares, deslocamos a casa do conduzido Leonardo, onde a PM foi recebida pela mãe do rapaz. A mãe foi enfática e relatou que o filho dela não possuí arma.

Ao questionar L.L. sobre a origem da arma disse que a arma não era sua, que era do Rafael, que estava, portanto, para ele. A referida arma foi exibida a Sra. A. L. F., caixa do mercado assaltado, que reconheceu de imediato como sendo a arma utilizada na prática criminosa.

Observa-se que o conduzido L. L. foi apreendido em outras oportunidades por tráfico de drogas e direção perigosa. Diante dos fatos os conduzidos foram encaminhados à delegacia sem lesão corporal para providências pertinentes, juntamente com os materiais vinculados.

Polícia Militar de Diamantino
B.O. 2018.336640

Ideal MT

NENHUM COMENTÁRIO

Deixe sua resposta