Home Cidades Homem é preso por estuprar menina de 12 anos e mantê-la sem...

Homem é preso por estuprar menina de 12 anos e mantê-la sem água e comida

0

Edimilson Rodrigues da Silva, de 36 anos, foi preso pela Polícia Civil suspeito de estupro de vulnerável e cárcere privado, em Juína, a 589 km de Diamantino, na tarde de segunda-feira (8) após ter mandado de prisão preventiva decretado pela Justiça. Ele teria mantido uma garota presa sem água e sem comida por uma semana. O suspeito ficou em silêncio ao ser interrogado na delegacia.

De acordo com o delegado Marco Bortolotto Remuzzi, o suspeito teria o aval da mãe da vítima, que permitiu que a filha morasse com ele.

“Ele assediava essa menina desde os 12 anos. Aos 14 anos, a mãe teria aceito que ela morasse com ele. Supostamente ele teria apresentado um documento da Justiça que teria permitido a situação. A mãe é uma pessoa leiga, inocente”, comentou o delegado.

Edimilson trabalhava em um frigorífico na cidade e também como garçom. Ele teve a ordem de prisão expedida pelos crimes de violência doméstica, após informações sobre os abusos sexuais cometidos contra a adolescente de 14 anos.

Conforme denúncia, os abusos começaram quando a vítima tinha 12 anos. Edimilson tentava namorar com a adolescente. Na época, a menina chegou a ir até a casa do suspeito, onde bebeu água com um ‘gosto estranho’ e acabou sendo estuprada por Edimilson.

Com o passar no tempo, ele insistiu em namorar com a adolescente, até que ela se mudou para a casa dele. Eles estavam morando juntos há seis meses, porém, no decorrer da relação, a adolescente ficou trancada na casa por aproximadamente uma semana, sem água e comida, além de ser vítima de agressões e ameaças.

Edimilson, acompanhado de uma advogada, foi até a delegacia para prestar esclarecimentos sobre as acusações. Durante interrogatório o suspeito permaneceu calado.

Segundo a polícia, Edimilson foi preso e responderá por violência doméstica, estupro de vulnerável, ameaça e cárcere privado. Ele será encaminhado para audiência de custódia nesta terça-feira (9). O suspeito, posteriormente, será levado para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Juína.

NENHUM COMENTÁRIO

Deixe sua resposta