Home Esportes Fagner admite valorização, mas nega ter ofertas e se diz tranquilo no...

Fagner admite valorização, mas nega ter ofertas e se diz tranquilo no Corinthians

0

Titular da seleção brasileira na Copa do Mundo, o lateral tem contrato com o Timão até o fim de 2021

O lateral-direito Fagner admite que a disputa da Copa do Mundo o valorizou e que a exposição na Rússia pode despertar o interesse de clubes do exterior em sua contratação. Mesmo assim, o lateral-direito diz estar tranquilo no Corinthians e nega que tenha propostas para sair.

Aos 29 anos e com contrato com o Timão até o fim de 2021, Fagner afirmou em entrevista coletiva que só irá pensar na possibilidade de se transferir caso receba alguma oferta oficial:

– A gente sabe o que pode acontecer, ainda mais tendo jogado uma Copa do Mundo. Mas estou muito tranquilo, tenho contrato com o clube, não adianta eu ficar pensando se vai acontecer algo. Meu papel é trabalhar em campo e ter cabeça boa. Se chegar algo interessante para o clube e para o Fagner, vamos sentar e ver o que é melhor para todo mundo – declarou.

Fagner assumiu a titularidade da seleção brasileira no segundo jogo do Mundial da Rússia, após lesão de Danilo. Ele atuou em quatro partidas e, no geral, teve bom desempenho:

– A tendência é de evolução. Quando você está no dia a dia com grandes jogadores, em nível de seleção brasileira e de um Mundial, a tendência é de evolução. Eu sou um cara chato, estou sempre buscando melhorar. Não é porque tive condição de jogar uma Copa que vou voltar ao Brasil achando que sou o melhor. Temos de ter pé no chão e humildade para as coisas continuarem a acontecer – opinou.

De volta ao Corinthians desde o último sábado, Fagner será titular do Corinthians na volta ao Brasileirão, quarta-feira, contra o Botafogo, às 21h45, em Itaquera.

Confira abaixo outros trechos da entrevista do lateral:

Volta ao Brasileirão

– A gente sabe que foi um momento delicado, com mudança de comissão técnica. Quando o Osmar assumiu, teve muitos desfalques também. Sabíamos que essa pausa seria importante, até para os jogadores readquirirem forma física e alguns jogadores que estavam em seleção, como Romero, eu e Cássio, retornarmos. Acredito que essa parada foi importante por isso também. Esses amistosos, com duas vitórias, nos dá confiança para retomar.

– Por ser uma retomada e a gente saber que o campeonato é longo, sabemos que é importante não perder ponto em casa. Os três pontos serão importantes para nós. Se quisermos crescer, temos de vencer esses jogos, precisamos ter inteligência.

Fonte: GloboEsporte

NENHUM COMENTÁRIO

Deixe sua resposta