Home Saúde Exame para detectar câncer de ovário pode ser prejudicial para 1 grupo...

Exame para detectar câncer de ovário pode ser prejudicial para 1 grupo de mulheres

0

O exame de ultrassom transvaginal, aliado a um teste de sangue, é o mais indicado para detectar um câncer de ovário,  o terceiro mais comum em mulheres e considerado um dos que apresenta maiores níveis de mortalidade, já que costuma ser descoberto apenas em estágio avançado por causa de seu diagnóstico tardio.

Mas, em alguns casos, ele pode ser prejudicial. Entenda o motivo.

Quando exame de câncer de ovário pode ser prejudicial

Uma recente revisão feita pelo US Preventive Services Task Force a partir de 74 trabalhos científicos sobre a doença aponta, no entanto, que este tipo de exame não é considerado eficiente e pode até ser prejudicial para mulheres com mais de 45 anos de idade.

De acordo com o estudo, além dos altos custos, o exame, neste grupo de mulheres, pode apresentar um resultado de falso positivo, ou seja, acusar um câncer que, na verdade, não existe. O diagnóstico poderia, então, levar o médico a indicar uma desnecessária cirurgia para a retirada do ovário.

O órgão responsável pela pesquisa, portanto, não recomenda o exame de ultrassom transvaginal para mulheres com mais de 45 anos, mas não descarta seu pedido para aquelas apresentam alto risco de desenvolver a doença, ou seja, que que tenham histórico familiar de câncer ou manifestem algum sintoma de câncer de ovário.

 

 

Fonte: SaúdeVix

NENHUM COMENTÁRIO

Deixe sua resposta