Home Destaque Evento desafia estudantes e profissionais a criarem projetos de incentivo à leitura...

Evento desafia estudantes e profissionais a criarem projetos de incentivo à leitura e participação em bibliotecas e museus em MT

0

Criação deve ser voltada à área do audiovisual. Os melhores planos de negócio receberão prêmios como forma de incentivo. A inscrição é gratuita.

Um evento da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) vai desafiar estudantes e profissionais a criarem projetos na área do audiovisual que incentivem a leitura e a participação em bibliotecas e museus do estado.

A programação começa nessa segunda-feira (2) e segue até sexta-feira (6). A entrada é gratuita, entretanto, os participantes devem realizar a inscrição pela internet. https://bit.ly/2XYZcPo

Técnicos do Programa Mato Grosso Criativo, produtores e consultores que atuam no audiovisual, em Mato Grosso, além de professores da UFMT oferecerão orientação aos participantes. Os melhores planos de negócio receberão prêmios como forma de incentivo.

A maratona ‘HackAthon’ faz parte da Semana da Comunicação da UFMT. O objetivo, segundo a universidade, é criar e desenvolver novos projetos de filmes, séries, games, vídeos 360° e campanhas de marketing em um ambiente de empreendedorismo e inovação.

Hackathon, originalmente, é um termo usado na tecnologia da informação para descrever uma maratona de programação na qual hackers se reúnem para explorar dados, desvendar códigos e sistemas, discutir ideias e desenvolver projetos de software ou mesmo de hardware.

Desafios

O desafio nas bibliotecas mato-grossenses propõe criar personagens em um mundo de leitura, no qual o imaginário do leitor e sua relação com as pessoas que trabalham no espaço cultural são a fonte de inspiração para o projeto ou adaptar um livro para o audiovisual.

Já no caso dos museus, a proposta é aproveitar o ambiente para contar a história de Mato Grosso, utilizando os cenários, o sentimento dos visitantes e mostrar o que está por trás dos personagens retratados naquele ambiente.

Todos os participantes devem ter um retorno com avaliação técnica dos consultores sobre pontos fracos e melhorias nos projetos.

G1

NENHUM COMENTÁRIO

Deixe sua resposta