Home Cidades Diamantino sai na frente com o Plano de Desenvolvimento em dia junto...

Diamantino sai na frente com o Plano de Desenvolvimento em dia junto ao TCE

0

Atualmente, o município de Diamantino conta com o planejamento estratégico, a utilização de novas tecnologias e tem o apoio orientador do TCE-MT para disseminar práticas de boa governança.

Os produtos de tecnologia da informação, criados pelo Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT) para auxiliar prefeitos e vereadores a melhorar a qualidade geral da administração pública, foram apresentados aos participantes do workshop sobre o PDI 2019, realizado nesta quarta-feira (13.03), na Escola Superior de Contas em Cuiabá. Os representantes de 23 municípios adesos ao PDI participaram de uma série de palestras e oficinas para que pudessem conhecer em detalhes tudo o que envolve o PDI e seus seis projetos.

A secretária-chefe da Secretaria de Apoio às Unidades Gestoras (SAUG) do TCE e responsável pela coordenação do PDI e do evento, Naíse Silva Freire, que atuou como mediadora na roda de interação com os facilitadores da UFMT, ao fazer um balanço do workshop, destacou a importância dos gerentes e coordenadores do planejamento estratégico nos municípios adesos ao programa conhecerem as ferramentas tecnológicas disponibilizadas pelo TCE-MT e seu funcionamento.

“O Tribunal oferece uma série de produtos e serviços como Diário Oficial de Contas, Plenário Virtual, Protocolo Virtual, Portal de Serviços dos Jurisdicionados, os sistemas GPE Cidadão, GeoObras, Radar de Controle Público. São ferramentas fantásticas, que facilitam, agilizam e otimizam a gestão aumentando a eficiência, reduzindo custos, eliminando riscos de falhas e desperdícios. Além disso, oferecem informações úteis que permitem um controle fino de toda a administração, desde o planejamento à execução orçamentária, do acompanhamento e cumprimento de metas do Planejamento Estratégico ao fechamento, entrega e publicação dos balanços. Os gestores das prefeituras adesas ao PDI só precisam conhecer bem e utilizar estes recursos no seu dia a dia”, pontou a secretária da SAUG/TCE-MT.

Oficinas e Palestras

Na programação do workshop, que durou toda a manhã e a tarde, foram oferecidas aos presentes, palestras e oficinas divididas entre Planejamento Estratégico e Incentivo ao Acesso à Informação e à Consciência Cidadã.

Na área de planejamento estratégico, foram abordados aspectos gerais do Projeto 1: “Apoio ao Planejamento Estratégico”, apresentado pelo auditor externo, José Marcelo Perez; detalhes do Projeto 3 – “Orientação por meio de Cursos Presenciais e Distância”, apresentado pela vice-diretora da Escola de Contas, Esther de Mello Menezes; do Projeto 4 – “Controle Gerencial de obras Públicas e o uso do Sistema Geobras”, sob responsabilidade do auditor externo Emerson Augusto de Campos; e do Projeto 5, “Modernização Institucional”, com o auditor público externo do TCE, Natel Laudo da Silva.

Já nas áreas do Projeto 2 do PDI, as palestras e oficinas abordaram temas como “Conhecendo as Ações do Projeto 2: Incentivo ao Acesso à Informação e à Consciência Cidadã para 2019”, apresentado por Cassyra Vuolo, secretária chefe da Secretaria de Articulação Institucional e Desenvolvimento da Cidadania (SAI/TCE-MT), “Trabalhando a Transparência nos Municípios”; “Trabalhando o Acompanhamento e Controle de Resultados”, apresentado por Maria Carolina Rezzieri, secretária em substituição da Ouvidoria e “Trabalhando o Acompanhamento e o Controle de Resultados”, sob responsabilidade de Volmir Manhabosco.

Os participantes de Diamantino e outras cidades tiveram ainda uma oficina especial de uso do Sistema de Gerenciamento de Planejamento Estratégico (GPE) e participaram de uma análise dos planos estratégicos dos 23 municípios adesos ao PDI.

NENHUM COMENTÁRIO

Deixe sua resposta