Home Política Desembargadores arquivam sindicância contra juiz acusado de dirigir embriagado

Desembargadores arquivam sindicância contra juiz acusado de dirigir embriagado

0

011484381_prevstillO Pleno do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJ-MT) seguiu o voto do relator, o desembargador Sebastião Moraes Filho, e entendeu pelo arquivamento da sindicância instaurada contra o juiz Renan Carlos Leão Pereira do Nascimento, que atua na 4ª Vara Cível da Comarca de Rondonópolis (215 km de Cuiabá). A decisão plenária foi durante sessão realizada na tarde desta quinta-feira (17).

A decisão havia sido adiada devido pelo pedido de vista do desembargador Rui Ramos, que entendeu que não houve desvio de conduta por parte do juiz e votou por arquivar a investigação. Já o desembargador Luiz Carlos da Costa votou pela abertura do Procedimento Administrativo Disciplinar (PAD).

Conforme a denúncia, na madrugada do dia 23 de dezembro de 2013, policiais militares apontaram o magistrado como suspeito de dirigir embriagado pelas ruas de Cuiabá. O juiz teria estacionado em local irregular por volta das 4h na frente de um cachorro quente, localizado na avenida Isaac Póvoas.

Ao ser abordado por policiais militares, segundo a denúncia, o juiz teria agido com desaforo, causando uma enorme confusão no local. O juiz ainda teria empreendido fuga do local e só foi abordado próximo a Unimed, na avenida Barão de Melgaço.

Olhar direto

NENHUM COMENTÁRIO

Deixe sua resposta