Home Polícia Caminhão sem freio derruba postes e complica trânsito na Avenida da FEB

Caminhão sem freio derruba postes e complica trânsito na Avenida da FEB

0

O motorista sofreu ferimentos leves e foi socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

O motorista de um caminhão Mercedes Bens, modelo L608, ficou ferido ao bater o veículo e derrubar três postes na Avenida da FEB, em Várzea Grande, na manhã desta quarta-feira (21).

A situação causou congestionamento no trânsito no trecho sentido à Cuiabá. O acidente ocorreu em frente às empresas Feb Saúde e JR Manutenção.

De acordo com informações de Everton Prado, coordenador de serviços da Guarda Municipal de Várzea Grande (GM-VG), chovia no momento do acidente e o caminhão teria perdido o freio. Desgovernado, o veículo subiu na calçada e atingiu três postes, por pouco o caminhão não atropelou pedestres que passavam pelo local.

O motorista sofreu ferimentos leves e foi socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). A vítima foi levada ao Pronto-Socorro de Várzea Grande para receber atendimento médico.

Devido à queda dos postes e fiação, o tráfego ficou lento, fluindo em apenas em uma faixa da via, o que ocasionou a formação de filas quilométricas de veículos na região.

Por causa da queda dos postes, algumas empresas na região ficaram sem energia. De acordo com a assessoria de imprensa da Energisa uma equipe foi acionada para realizar a manutenção dos postes e religar a energia até que os postes sejam recolocados.

Ao todo 45 unidades consumidoras estão sem energia no momento e a previsão é de que ainda hoje seja reestabelecida.

A GM vai notificar o motorista pela falha mecânica e má conservação do veículo, que é de responsabilidade do condutor.

“Este caminhão é bem antigo e não deveria mais circular nestas condições, então o motorista será penalizado por má conservação”, disse o coordenador da GM.

As causas do acidente serão investigadas pela Polícia Civil.

Fonte: ReporteMT

NENHUM COMENTÁRIO

Deixe sua resposta