Home Saúde Atividade física melhora a vida sexual masculina

Atividade física melhora a vida sexual masculina

0

De acordo com pesquisa, homens que se exercitam regularmente conseguem prolongar a penetração e evitar a ejaculação precoce.

Homens que se exercitam regularmente têm melhor desempenho sexual, diz estudo publicado no periódico Urology Journal. De acordo com os pesquisadores, a realização diária de atividades físicas como correr, andar de bicicleta ou levantar peso permite que a duração do sexo seja, em média, cinco minutos maior em comparação com indivíduos sedentários.

A pesquisa turca ainda destacou que a ejaculação precoce, problema que afeta cerca de 21% a 33% da população masculina em idade sexual, é mais frequente em homens com estilo de vida sedentário. “Pode-se supor que a atividade física regular pode ser eficaz em ganhar uma vida sexual de maior qualidade”, escreveram os cientistas.

Pesquisa anterior realizada pelo New England Research Institutes, nos Estados Unidos, já haviam descoberto que o risco de disfunção erétil pode ser reduzido em até 70% para homens que praticam exercício físico diariamente.

O estudo

Para chegar a esta conclusão, os pesquisadores observaram a rotina de exercícios de 250 participantes entre 18 e 45 anos de mesma origem étnica e região; eles foram divididos em dois grupos de acordo com a quantidade de tempo dedicado a participação em atividades físicas. Além disso, equipe monitorou a vida sexual dos homens durante seis meses, pedindo que os participantes e suas parceiras cronometrassem.

Mas, além dos exercícios físicos, há alternativas para melhorar a vida sexual, como a demonstrada por outro recente estudo. Uma faxina a dois pode ser muito mais produtiva do que simplesmente deixar a casa brilhando, de acordo com uma pesquisa norte-americana publicada no Journal of Family Issues, que revela que casais que cuidam da casa juntos praticam mais sexo do que aqueles que fogem das atividades domésticas. Segundo os pesquisadores, as horas gastas lavando pratos e varrendo a casa são proporcionais à frequência de relações sexuais. A pesquisa foi realizada com mais de 6.800 casais que responderam perguntas sobre idade, duração do casamento, educação e renda.

Ao fim do estudo, identificou-se que as mulheres passam 42 horas semanais cuidando da casa. Já os maridos dedicam 23 horas por semana. Da mesma forma, os homens passam 34 horas trabalhando fora enquanto as mulheres gastam uma média semanal de 20 horas.

 

 

 

Fonte: ReporteMT

NENHUM COMENTÁRIO

Deixe sua resposta