Home Esportes América busca vitória inédita em duelo contra técnico Zé Ricardo, do Botafogo

América busca vitória inédita em duelo contra técnico Zé Ricardo, do Botafogo

0

Coelho já enfrentou equipes comandadas pelo treinador em quatro ocasiões

América e Botafogo se enfrentam no próximo domingo, às 11h, no Engenhão, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro. Em 11º lugar, com 30 pontos, o time mineiro espera aproveitar a sequência negativa do adversário, com duas derrotas e um empate nos últimos três jogos, para voltar à parte de cima da tabela. Além disso, caso triunfe no Rio de Janeiro, o Coelho poderá alcançar sua primeira vitória contra o técnico Zé Ricardo.
Em seus três anos como técnico de futebol, Zé Ricardo sempre comandou equipes do Rio de Janeiro. Ele estreou em 2016 pelo Flamengo, clube no qual trabalhou por duas temporadas. Depois, treinou o Vasco durante pouco mais de 10 meses, entre agosto de 2017 e junho de 2018. Passados dois meses de sua saída da equipe cruz-maltina, Zé Ricardo acertou com o Botafogo.
No próximo domingo, Zé enfrentará o América pela quinta vez na carreira, sendo a primeira a serviço do Botafogo. Em quatro embates até aqui, alcançou 100% de aproveitamento. São oito gols marcados (média de dois por jogo) e apenas dois sofridos.
Neste ano, o Vasco orientado por Zé Ricardo goleou a equipe mineira por 4 a 1, em São Januário, no Rio de Janeiro, pela quarta rodada do Cam

Vitor Silva/SSPress/Botafogo/Divulgação

peonato Brasileiro. As três vitórias anteriores do treinador foram como técnico do Flamengo.
Em 2017, o Flamengo bateu o América por 1 a 0, no Estádio Bezerrão, no Distrito Federal, pelo Grupo B da Primeira Liga. Já em 2016, houve dois encontros pelo Campeonato Brasileiro. No turno, o time de Zé Ricardo ganhou por 2 a 1, em Cariacica, no Espírito Santo. Já no returno, em jogo da 35ª rodada, o rubro-negro carioca venceu por 1 a 0, no Mineirão, e rebaixou o Coelho à Série B.

Convite

Quando Enderson Moreira trocou o América pelo Bahia, em junho, o presidente Marcus Salum procurou Zé Ricardo, recém-demitido do Vasco, para ser o substituto. À época, o treinador recusou a oferta por causa de uma proposta da Arábia Saudita e de um time do Rio, que era justamente o Botafogo.

O Conselho de Administração, então, colocou o diretor de futebol Ricardo Drubscky na função de técnico. A decisão durou apenas duas rodadas do Brasileiro – derrotas para Cruzeiro, por 3 a 1, e Paraná, por 1 a 0. Em função dos tropeços, a cúpula americana anunciou em 24 de julho a contratação de Adilson Batista, que emplacou bons resultados  (4 vitórias, 4 empates e 2 derrotas) e deixou a equipe em situação confortável na tabela (11º lugar, com 30 pontos, a seis do 17º, Sport).

Fonte: SuperEsporte

NENHUM COMENTÁRIO

Deixe sua resposta